Chegado o fim de uma época a próxima já aí espreita… tradicionalmente a ultima atividade da época é a nossa participação nas Festas de Belas ligadas à Romaria da Nossa Srª da Misericórdia. Tivemos Belas em festa no ultimo fim de semana onde milhares de pessoas passaram pelo Olival da Quinta Nova da Assunção com musica e comes e bebes onde não faltou a tradicional TOCA do ESQUILO do Belas Rugby Clube.

Foi um momento alto de trabalho e apoio da nossa família do rugby, pais, atletas e dirigentes trabalharam no duro para levar a bom porto os nossos petiscos. Nada tem a ver com o desporto mas faz parte da nossa vida social onde obviamente angariamos fundos vitais para a sobrevivência do clube.

Não podemos deixar de agradecer a todos aqueles que de uma forma ou de outra contribuíram para mais um sucesso da nossa Toca, um grande bem aja para todos vós.

Mas no final da época não seria correto falar apenas da festa e do agradecimento sobre a mesma, importa referir que este foi O ANO da mudança do Belas Rugby Clube. A materialização do sonho UM CAMPO DE RUGBY desde logo demonstrou a sua importância no Concelho, para além de uma longa atividade desportiva do clube foram realizadas múltiplas ações desportivas, várias atividades escolares, colónias de férias, estágios da seleção feminina de rugby, finais das taças de Portugal, etc, que demonstram a vitalidade deste projeto e a importância desportiva desta infraestrutura que apesar de estar dentro de uma unidade militar demonstrou-se ser um projeto coletivo onde também as nossas forças militares participaram apoiando o desporto e a população local.

Obviamente por detrás de toda esta capacidade desportiva existe um grande numero de voluntários, pais, dirigentes, treinadores e atletas que contribuem de uma forma impressionante para a realização e manutenção deste sonho, também para eles um grande obrigado pela vossa dedicação e empenho em prol do desporto e dos jovens da nossa sociedade.

Efetivamente somos uma força viva da terra, em Belas ou Queluz pouco importa, por sinal até estamos nas duas terras, o que importa é que hoje acrescentamos mais valor que à um ano atrás por tudo o que construímos e estamos a construir! Venha o Setembro

Obrigado

Luis Baptista

Belas 10 Agosto 2018

Deixe um comentário